A virada que se deu nas urnas no domingo começa a contaminar também os portfólios dos fundos. A inesperada chegada de Aécio Neves (PSDB) ao segundo turno com 33,6% dos votos, contra Dilma Rousseff (PT), com 41,6%, surpreendeu gestores…